20 de set de 2013

O Assassinato e Outras Histórias - Anton Tchekhov




Minha primeira experiência com a literatura russa foi com Crime e Castigo, de Fiodor Dostoiévski, no final do ano passado (ou no retrasado =x). Um ótimo livro, mas que não foi aproveitado como devia. Tinha acabado de ler o Dança dos Dragões, de George R.R Martin e a mudança na velocidade de narrativa foi tão grotesca que me arrastei por quase todo o segundo volume.

Isso ficou ainda mais evidente dessa vez: minha leitura anterior foi “A rainha dos condenados, de Anne Rice”, que também exige uma leitura mais lenta, foi bem mais fácil entrar no ritmo certo. 

Para esse volume da Coleção Clássicos da Abril Coleções, foram selecionados 6 contos de Anton Tchekhov (1860 – 1904), escritos entre 1894 e 1900. Médico, dramaturgo e escritor russo, ele é considerado um dos maiores contistas de todos os tempos. Em sua carreira como dramaturgo criou quatro clássicos e seus contos ainda aclamados por escritores e críticos.

Esse é um daqueles livros bem difíceis de comentar, mas farei uma tentativa: os seis contos apresentados são ambientados em cidades de interior, quase sempre na periferia das mesmas. A sensação de miséria, monotonia e comodismo também são comuns. Quase todas as histórias giram em torno de um ambiente irritadiço, seja com uma pessoa, com o ambiente, com o contexto em que o personagem está. A descrição das coisas é muito bem feita, detalhada na medida certa. A pobreza e a simplicidade são predominantes nos ambientes. É um bom passatempo.

Quem gosta de narrativas mais lentas provavelmente gostará dos contos. Para quem gosta de mais dinamismo, ou não dispõe de muito tempo (ou menos tempo do que gostaria) para se dedicar á leitura, é um teste de paciência, perseverança e resistência (o que de certa forma é bom, essas três virtudes são essenciais hoje em dia).

Nenhum comentário

Postar um comentário

Então, o que achou da postagem?
Vamos, não se acanhe! Será muito prazeroso ouvi-lo! (Mas seja educado por favor. ^^)
Ah sim! Se você tiver um blog, deixe seu endereço para que eu possa retribuir a visita. ;)