1 de nov de 2013

Golden Boy – 1º Temporada




Na verdade, esse post deveria ter sido escrito/publicado nas férias de julho, mas por causa de Skip Beat, eu não consegui terminar de ver a série. Quando o mangá terminou, eu não lembrava mais bulhufas do que eu queria escrever, então precisei revê-la desde o inicio.

Por sorte, a série possui apenas uma temporada com 13 episódios (por sorte vírgula, por que eu a achei muito boa para ter somente uma temporada).

Série americana de 2013, ela foi produzida pela Warner Bros e exibida pela CBS.

A história segue a bem-sucedida carreira de ascensão meteórica de Walter Clark (Theo James), que se torna o mais jovem comissário de polícia na cidade de Nova York. Até aqui, a pessoa tem tudo para achar que será mais uma série do cotidiano dos detetives de policia. MAS quando você começa a ver, percebe que ele já é Comissário, e o episódio em si mostra um episódio de sua carreira como policial e como ela se encaixa em um contexto vivido por ele atualmente (como Comissário). É bem interessante.

Gostei bastante de Theo James. Além de muito lindo, ele é bem convincente, gostei mesmo. Outro personagem que me chamou atenção foi o Arroyo, pessoa nojenta que dá vontade de socar a toda hora e em todos os episódios. Lá para as tantas eu descobri que ele foi interpretado por Kevin Alejandro, que participou de uma temporada e meia de True Blood como Jesus, o affair de La Fayette. Eu nunca falei mal tanto um personagem quando esse cara. xD

Pessoalmente, eu gostei muito da execução do enredo. Quando se trata de flashfowards algumas séries ficam tão embaralhadas que chega a ser chato e confuso. Em Golden Boy, esse artifício é usado em apenas duas vezes: no início do episódio para mostrar o contexto em que o Comissário está, e no final, para mostrar como o desenrolar do episódio foi usado na conclusão do contexto. Ficou algo simples, atrativo e eficaz... Apesar de já ter visto seasons finales melhores que essa (meio que deu para entender por que a série foi cancelada).

Nenhum comentário

Postar um comentário

Então, o que achou da postagem?
Vamos, não se acanhe! Será muito prazeroso ouvi-lo! (Mas seja educado por favor. ^^)
Ah sim! Se você tiver um blog, deixe seu endereço para que eu possa retribuir a visita. ;)