7 de dez de 2013

Sherlock - 1ª Temporada



Volte e meia eu falo que não sou muito chegada aos livros de Sherlock Holmes... Mas eu gosto bastante de conhecer as adaptações em que eles aparecem, é meio que uma maneira de me incentivar a pegar os livros, sei lá.

Essa temporada foi exibida em 2010 no canal BBC em três episódios de 90 minutos cada (recentemente descobri que teve um episódio piloto não exibido), e tem Benedict Cumberbatch como Sherlock e Martin Freeman como Dr. John Watson. A proposta da série é trazer o detetive de Sir Arthur Conan Doyle para o século XXI, mantendo, é claro, conexões as histórias originais.

Essa foi a primeira vez que assisti ao episódio piloto. Eu não tenho como não dizer outra coisa além CARALHO, QUE FODA. (Perdoem-me o palavrão) O Sherlock vê o Watson por, sei lá, 10 segundos, e consegue dizer onde estudou, sua profissão, onde serviu, sobre seu suposto ferimento na perna, que tipo de relação ele tem com o irmão e sobre a separação do irmão. A propósito, ele é capaz de te pedir para atravessar a cidade apenas para pegar seu telefone emprestado (a expressão do Watson é impagável. xD)

Basicamente, temos duas versões de como os dois se conhecem e se aliam: a do episódio piloto, propriamente dito, e a do episódio que foi exibido como o primeiro da série. Nas duas situações, Sherlock faz uma entrada... Peculiar e impactante. Sinceramente, eu prefiro a do episódio oficial. Na verdade, pouca coisa foi mudada entre as duas versões. O nome é o mesmo, o caso é o mesmo... A diferença ficou na maneira em que os personagens e o caso são apresentados... E em alguns detalhes... =x

Ultimo episódio da série. Sherlock está entediado... E ele não é o único. Apesar de ele ter sido citado no primeiro episódio (o oficial), e confirmado como antagonista de Sherlock, Moriarty começa a envolver o detetive londrino em um jogo perigoso. Lindo, lindo demais! *-*

Como vocês puderam perceber, essa série é de curta temporada. O que sinceramente é ótimo por que ter paciência para aturar dez episódios de 90 minutos e de alguém tão... Excêntrico como o Sherlock de Benedict é uma prova de resistência para poucos. E eu nem sei dizer se teria temas para tantos episódios.
  
O bom é que a terceira temporada começará ainda esse mês (o que me lembra de procurar desesperadamente o dia de exibição do episódio).

Nenhum comentário

Postar um comentário

Então, o que achou da postagem?
Vamos, não se acanhe! Será muito prazeroso ouvi-lo! (Mas seja educado por favor. ^^)
Ah sim! Se você tiver um blog, deixe seu endereço para que eu possa retribuir a visita. ;)