6 de jan de 2014

Desafio Um Ano Sem (Comprar) Livros

Sim, eu tenho. E você?
A Taiga Scaramussa, do blog Idiossynkrasis começou o desafio pessoal de ficar umano sem comprar livros. Eu me identifiquei bastante com esse desafio então resolvi entrar na onda.


Comecei a comprar livros desde o meu primeiro estágio, em 2011 (comprei o box Diários de um Vampiro com meu primeiro salário) por que nunca tinha o que ler e não havia encontrado a área de ficção na biblioteca da minha faculdade. Desde então eram 3 ou mesmo 4 livros todos os meses. Depois que mudei de estágio, e o meu salário melhorou, cheguei a comprar 7 na mesma compra (na verdade o meu máximo foram 10 livros a 9,90 cada, o ultimo peixinho do meu ultimo salário dessa empresa. kkk)

Estou com a resolução de parar de comprar livros desde março de 2013. Nessa época, eu tinha 37 para serem lidos e 0 de noção para algumas coisas (tanto que continuei comprando mais ou menos até setembro, mês em que fui despedida do estágio). O pior foi perceber que usava a compra de livros para compensar frustrações em outras áreas da minha vida... Aí ficava mais frustrada por ter novas dividas a pagar... Aí buscava consolo nas livrarias... Atualmente, a minha lista de “Livros para serem lidos”, está por volta do numero 69. (Sim, falhei miseravelmente na missão de 2013 kkkk)

Essas são as minhas leituras imediatas
(atualmente com 19 títulos) 
Mas de lá pra cá eu peguei alguns macetes que me ajudaram bastante a me controlar. Desativei todas as notificações por e-mail, “descurti” todas as páginas de livrarias, editoras e afins do Facebook, parei de acompanhar os preços dos livros pela internet e juro que consegui passar dois meses sem sequer entrar em uma livraria física. Não conheço muitos sebos na minha região (na verdade, conheço dois e mais um outro pelo nome e pelo proprietário) e encontrei a Biblioteca Publica de Vitória apenas recentemente (e sempre achei os prazos de biblioteca muito curtos pro meu ritmo de leitura), então não há perigo de cair em tentação com eles.
Acho que hoje está mais fácil de controlar esse vício...


Esse desafio possui algumas regras, feita pela própria Taiga:
  •          Não posso comprar nenhum livro, exceto se for para presentear alguém.
  •      Em casos de eventuais “amigos-livros” de finais de ano, a participação é liberada. A intenção não é me isolar socialmente de uma das coisas que mais gosto, mas sim controlar o gasto desenfreado e o mais importante: retornar (e manter) o hábito de leitura. (E desafogar o espaço de “Livros pra ler”)
  •       Ganhar livros também é permitido, mas não posso pedir, tem de ser algo completamente espontâneo.

Aqui está o resto
(50 títulos)
(Não vou citar a regra do Skoob e dos livros em PDF. Primeiro por que não tenho Skoob (não consegui me adaptar àquela coisa) e segundo por que não gosto de ler livros on line).

Mas eu preciso abrir uma exceção para QUATRO livros: Contos Inacabados e Os Filhos de Húrin (ambos do Mestre Tolkien) e Sangue e Ouro e Lasher (ambos de Anne Rice) já que preciso deles para ler alguns dos livros que estão na lista de “Para ler”.

A ideia também é, volte e meia, contar experiências sobre essa “abstinência”.

Um comentário:

  1. É muito recompensador ver que de alguma forma, uma escolha minha conseguiu influenciar outra pessoa, nesse caso, você! Por isso o universo dos blogs é tão legal, pela partilha de experiências, anseios, pela forma de dividir os aprendizados e de alguma forma isso ser levado adiante, mesmo sem nós mesmas. Sucesso pra gente! ;)

    ResponderExcluir

Então, o que achou da postagem?
Vamos, não se acanhe! Será muito prazeroso ouvi-lo! (Mas seja educado por favor. ^^)
Ah sim! Se você tiver um blog, deixe seu endereço para que eu possa retribuir a visita. ;)