13 de mar de 2014

Nietzsche Para Estressados - Allan Percy



Eu não sei se deveria fica contente ou envergonhada por demorar tanto tempo para ler um livro que comprei. Para vocês terem uma ideia, dos três livros escritor por Allan Percy, um foi falado em 1º de Maio e o outro em 08 de Setembro, e olha que eles ficaram ainda mais um tempinho na minha estante antes de serem lidos. A minha edição já está ate com algumas manchinhas típicas de envelhecimento.

Friedrich Wilhelm Nietzsche (1844 — 1900) foi um filólogo, filósofo, crítico cultural, poeta e compositor alemão do século XIX. A minha curiosidade por ele é atiçada há bastante tempo, e achei que esse livro fosse um bom ponto de partida.
"A palavra mais ofensiva e a carta mais grosseira são melhores e mais educadas que o silêncio."
Friedrich Nietzesche
O mais engraçado (ou, no mínimo, surpreendente), é que a maioria dos aforismos presentes está meio que de acordo com o momento de reavaliações que estou passando no momento. Muita coisa relacionada a egos inflados e momentos decisivos. Aconteceu a mesma coisa quando li Oscar Wilde, mas era um momento mais pessimista do meu ano (tinha muita coisa dando errada ao mesmo tempo e eu não sabia como lidar com isso direito). Essa concordância entre as “gotas de filosofia” e momento de vida tornou a leitura muita mais proveitosa e muita coisa foi assimilada sem que eu nem ao menos percebesse (pelo menos acredito que tenham sido. Kkkk)

E é muito fácil descobrir o motivo de essa série ser tão gostosa de ler: as máximas são interligadas com músicos, filósofos, escritores, cineastas, filmes, livros, ditados orientais e ocidentais, ensinamentos de diversas religiões, médicos, até economistas podem entrar na roda. Fica algo dinâmico, como se estivéssemos em uma roda de conversa tendo Allan Percy como mediador da discussão.

É um ótimo livro e não me arrependo de ter comprado e nem de ter esperado tanto para lê-lo.

Nenhum comentário

Postar um comentário

Então, o que achou da postagem?
Vamos, não se acanhe! Será muito prazeroso ouvi-lo! (Mas seja educado por favor. ^^)
Ah sim! Se você tiver um blog, deixe seu endereço para que eu possa retribuir a visita. ;)