10 de abr de 2014

Star Trek - The Original Serie - 3ª Temporada


A terceira e última temporada da série clássica só foi lançada em 1968 graças à surpreendente quantidade de cartas que chegava a emissora pedindo a continuação da série. Exibida inicialmente às segundas-feiras, o horário de exibição foi mudado para as sextas-feiras a noite, o temido “Horário da Morte” devido á baixa audiência do público jovem. Como se não bastasse, a série teve seu orçamento reduzido e bem, acabou que o fim foi inevitável.

Episódio 02 - Elaan of Troyius – Dois planetas em guerra tentam firmar um acordo de paz casando seus herdeiros. A missão da Enterprice é levar Ellan, do planeta Elas, até o planeta de seu futuro marido. Acontece que Ellan é uma mulher mimada, acostumada a ser obedecida, grosseira com todos então, de quebra, acaba sobrando para Kirk a tarefa de hã... Educá-la para ser mais civilizada. Como não poderia ser diferente, Kirk fica apaixonado por ela graças as “Lágrimas de Elas”, uma poderosa reação bioquímica que ocorre quando as lágrimas das mulheres desse planeta entram em contato com a pele masculina.

Episódio 06 - Spock's Brain – Cara, a minha história com esse episódio é antiga. Eu comecei a assistir a série ainda pelo Canal 21, acho que em 2006, ou perto dessa data (se alguém se lembrar exatamente o ano, por favor, avisem-me). O canal estava exibindo a série desde o início e eu era tão fissurada que cheguei a acompanhar pelo guia de episódios qual seria exibido no dia e qual seria o próximo. Pela sinopse, na época, eu tinha calculado que esse episódio em específico iria ao ar em mais ou menos 2 meses a partir da data em que eu estava (eles estavam passando a segunda temporada ainda). Aí, faltando TRÊS SEMANAS para esse bendito passar... O canal saiu do ar. Eu fiquei com tanta raiva, mas tanta raiva que apaguei TODOS os arquivos que eu havia salvado nos disquetes (eu não tinha computador nessa época, e tinha que ver tudo no PC da escola. :p). Voltando ao episódio, tudo começa quando o celebro de Spock é roubado, cirurgicamente removido por uma alienígena que entrou na Ponte de Comando e apagou todo mundo. E só em Jornada nas Estrelas para ter um paciente ajudando um médico a operar o próprio cérebro. Kkkkk

Episódio 08 – The Empath - Ao visitar um planeta condenado, o grupo de desembarque (Kirk, McCoy e Spock) ficou sujeita a experiências torturantes por alienígenas poderosos. Lá esses encontram “Joia”, uma empata (pessoa capaz de sentir emoções e absorver os danos sofridos por outras pessoas e, uma vez absorvidos, curá-los. O que gostei nesse episódio é que foi um episódio leve, gostoso de ser visto. E eu quaase derramei uma gota de lágrima quando o McCoy ficou a beira da morte. ;’(

Episódio 10 - For the World is Hollow and I Have Touched the Sky – Realmente gostaria de ver esse episódio sendo abordado em um dos filmes atuais. Adoraria ver o (meu para sempre amado ) Karl Urban sendo bulinado. Kkkk (:3) Algumas coisas podem ser muito interessantes e bizarras nessa série, tipo uma nave, camuflada como um planeta, com um sistema de controle mental e tal e coisa... E que guarda seus maiores segredos em um livro de papel. :x É tipo... Whaaaat? Rsrsrsrs

Apenas um comentário sobre o episódio 14 - That Which Survives: O Spock sabe ser MUITO irritante às vezes. A ponto de me dar vontade de surrar esse elfo alienígena!  (Rsrsrs) Mas eu adoro o Spock. :3

E quando você pensa que já viu de tudo... A série me vem com uma versão arcaica do Zetsu (do anime Naruto). xD É a primeira vez que ouço o termo “monocromático” ser dito de tão pejorativamente... O episódio é o Let That Be Your Last Battlefield, e mostra o resultado do ódio extremo em duas mentalidades opostas, mas muito similares no objetivo de destruição mutua.

The Cloud Minders (episódio 19) – Uma história de amor melhor que Crepúsculo (e olha que o Spock está no meio. Rsrsr)

Requiem For Methuselah (episódio 21) – Conhecendo Tio Mathusa e seu androide. xD <- Novo episódio favorito.

Falando sério, quando li que essa temporada sofreu cortes de orçamento, eu sinceramente esperava algo bem meia boca. Mas CARAMBA! Essa temporada é ótima! Me arrisco a dizer que muito melhor que a primeira (da segunda então, nem se fala, a melhoria é absurda). Se pegarmos a criatura do episódio 22 (The Savage Curtain) e compararmos com a do episódio “The devil in the dark” por exemplo, geente, a diferença é MUITO grande. Os efeitos estão melhores, as historias estão mais atraentes, os enredos mais caprichados, sério, muito boa mesmo.

Nenhum comentário

Postar um comentário

Então, o que achou da postagem?
Vamos, não se acanhe! Será muito prazeroso ouvi-lo! (Mas seja educado por favor. ^^)
Ah sim! Se você tiver um blog, deixe seu endereço para que eu possa retribuir a visita. ;)