30 de abr de 2014

The Musketeers - 1ª Temporada



Acho que não é novidade que eu amei a história de Os Três Mosqueteiros de Alexandre Dumas. Fico empolgadíssima cada vez que ouço falar na história e principalmente quando fico sabendo de alguma adaptação ou produção baseada na obra. Ano passado, descobri que a BBC, mesmo canal que produz a série Sherlock (que por sinal, ainda estou para ver a ultima temporada), iria produzir uma série baseada no romance mais famoso de Dumas. Aí pronto, apaixonei e fiquei esperando ansiosamente pelos episódios. Infelizmente quando a encontrei ela já estava no episódio 10, então não consegui acompanhá-la. :’(

Sinceramente, eu não esperava uma adaptação fiel. Sério. Para uma série que já está com a segunda temporada aprovada (YES!), eu sabia que algumas coisas seriam modificadas. O que eu esperava (e na verdade é o que sempre espero quando se fala em adaptação) é o respeito pelos personagens e pela história, e que as modificações não detonem a ideia original. E se há uma coisa que posso falar (pelo menos sobre o episódio piloto) é: QUE IRADO!

Toda a base da história de Alexandre Dumas está presente, todos os traços de personalidade (Ok, talvez Aramis esteja com um pouco menos daquela pose de religioso certinho obcecado por uma vocação que ele não tinha certeza se queria seguir, e por sinal, eu também AMEI isso, e Santiago Cabrera está um verdadeiro pecado), a questão do cenário (principalmente o da Biblioteca do Palácio), trajes, lindos. Sério. E que fique registrado: Athos é o amor da minha vida (pelo menos nas histórias de Dumas) e eu simplesmente ADOREI o ator que o está interpretando (Tom Burke). :3

Santiago Cabrera
Tom Burke


As alterações que os personagens, alguns pelo menos, são consideráveis. Porthos e Aramis são os maiores exemplos disso. E sinceramente, estão me incomodando menos do que eu achei que me incomodaria. A carga da história original está presente o tempo inteiro, algumas vezes de maneira escancarada, outras sutilmente, mas o livro está lá. Mesmo quando o Cardeal conspira a favor do Rei (e essa é uma das partes estranhas), a série ficou tão IRADA! *-*

Aí me vem um episódio que é (quase) o livro de cabo a rabo e a bobona aqui assistindo com uma cara de: OMFG, ISSO ESTÁ MUITO IRADOOOO! *0*

Infelizmente, a série acaba de maneira muito errada (pelo menos em relação o que eu li sobre as continuações de Os Três Mosqueteiros). E infelizmente, é algo que não poderá ser reparado. Mas enfim, o saldo da série ainda é positivíssimo. E que venha logo a segunda temporada. ^^

Nenhum comentário

Postar um comentário

Então, o que achou da postagem?
Vamos, não se acanhe! Será muito prazeroso ouvi-lo! (Mas seja educado por favor. ^^)
Ah sim! Se você tiver um blog, deixe seu endereço para que eu possa retribuir a visita. ;)