23 de jul de 2014

Herdeiros do Trono - Elysanna Louzada


Confesso: nunca havia ouvido falar dessa história ou dessa autora antes de encontrá-lo na FLICA (Feira Literária Capixaba). Mas a sinopse me envolveu bastante (e o preço também) e depois de uma hora me torturando com a questão "comprar ou não comprar?", comprei. 

O mundo se chama Petra. Ele é dividido em doze reinos e governado por um único rei e por uma única rainha. Governantes de quem eram exigidos justiça, amor e obediência às Leis da Criação. Os personagens principais são Pedro, Eloíse, Tommy e Laura, quatro adolescentes que cresceram em uma cidade onde a maioria mestiça era discriminada por uma minoria nativa. 

Existe um mistério em torno da origem dessas crianças, Pedro e Eloíse cresceram sem saber do pai e sua mãe sempre se fechou em informações vazias. Inicialmente era o que bastava, até que Eloíse, mexendo nas coisas da mãe enquanto procurava o documento de registro de Pedro, chega à verdade. 

O desenrolar da história é lento. Fazendo uma comparação à Cerberus, por exemplo, e utilizando a analogia de um carro em movimento, enquanto Cerberus é uma corrida desvairada, Herdeiros do Trono é um passeio de final de semana (não necessariamente chato, apenas lento demais). Em muitos momentos, a história pareceu querer dar aquela acelerada só para deixar um pouco de adrenalina correr no sangue, mas, aí é que tá, ficou só na vontade. 

Não vou dizer que o livro é ruim por dois motivos: primeiro por que não concordo com quem faz isso (só por que não me agradou, não quer dizer que não agrade à outra pessoa). O segundo é por que a história realmente não é ruim. Para o meu gosto, a narrativa só é lenta (e talvez um pouco previsível em algumas partes). 

Ainda lerei o segundo livro (até por que eu já o tenho) e dependendo das coisas, até me interesse pelo volume final da trilogia. Sei lá, vamos ver o que acontece.

Nenhum comentário

Postar um comentário

Então, o que achou da postagem?
Vamos, não se acanhe! Será muito prazeroso ouvi-lo! (Mas seja educado por favor. ^^)
Ah sim! Se você tiver um blog, deixe seu endereço para que eu possa retribuir a visita. ;)