19 de ago de 2014

Once Upon A Time In Wonderland - 1ª Temporada


Once Upon a Time In Wonderland foi criada em janeiro de 2014 como spin-off de Once Upon a Time. A série aproveita a brecha criada pela aparição do Chapeleiro Maluco na primeira temporada da série para entrar nos contos de fadas criado por Lewis Carroll (lembrando que são dois: Alice no País das Maravilhas e Alice Através do Espelho).

A história de Wonderlang gira em torno de Alice, uma garota inglesa que foi internada em um asilo pelo pai depois de começar a contar histórias sobre chapeleiros malucos e lagartas fumantes. Ela quer salvar o homem que tem seu amor verdadeiro (um gênio da lâmpada chamado Cyrus) e ainda provar ao pai que seu mundo “imaginário” existe.

Uma coisa curiosa da história de Carroll, é que existe uma “versão” de Alice em que ela realmente está em uma clínica de loucos, e as coisas que o conto de fadas narra, a rainha de copas, os bolos e bebidas que alteram seu tamanho, o gato sorridente... Enfim, tudo isso são as experiências que Alice viveu nesse sanatório.

Mas uma coisa de que gostei e não posso negar... Naveen Andrews como JAFAR! Eu sempre soube que os responsáveis pelo elenco mereciam o que ganhavam (o que por sinal, não deve ser pouca coisa).*-*

Apesar de ter o Valete de Copas como um dos personagens principais, a série é mais voltada para a história de Alice Através do Espelho. Tanto é que um dos vilões é a Rainha Vermelha (em países estrangeiros, o xadrez é jogado com peças brancas e vermelhas).

OUTIW é uma série um pouco complicada de se opinar. Comparado a OUT ela é beeeeem pobrezinha. Está certo que a história de Alice em si não é lá essas coisas, e que (até onde pude ver) pouca coisa da história de Alladin foi utilizada, mas mesmo sendo somente essas duas histórias, sei lá, ficou faltando alguma coisa. Tipo o Chapeleiro Maluco, os Gêmeos Tweedle-Dee e Tweedle-Dum (que foram execrados tadinhos) ... faltou MUITA coisa.

Ao mesmo tempo, não dá para parar de assistir. Principalmente quando o Jafar aparece aprontando das suas. Ele não supera o Rumple ou a Cora em questão de maleficência (até por que eu acho bem difícil alguém ganhar de um vilão sem coração como a Cora), mas esse Jafar consegue ser tão mal quanto os do desenho da Disney, e por um motivo completamente diferente do que nós conhecemos.

A série foi devidamente finalizada nessa temporada, e há rumores que alguns de seus personagens farão uma participação especial na série principal, o que eu mal posso esperar para ver. *-*

Nenhum comentário

Postar um comentário

Então, o que achou da postagem?
Vamos, não se acanhe! Será muito prazeroso ouvi-lo! (Mas seja educado por favor. ^^)
Ah sim! Se você tiver um blog, deixe seu endereço para que eu possa retribuir a visita. ;)