30 de set de 2014

Os Cavaleiros do Zodíaco: A Lenda do Santuário


A história do filme gira em torno de Saori Kido, uma jovem que descobre ter um misterioso poder. Ao lado dos jovens cavaleiros de bronze Seiya, Shiryu, Hyoga, Shun e Ikki, Saori deve ir ao Santuário retomar seu lugar como Atena, a deusa protetora da Terra. Porém, para chegar á sala do Grande Mestre, aquele que tentou matá-la quando bebê, os cavaleiros de bronze e Saori deverão passar pelas 12 Casas protegidas pelos incríveis Cavaleiros de Ouro.

Depois de meses e meses de tantos mimimis prós e contras de fãs, o filme Os Cavaleiros do Zodíaco: A Lenda do Santuário fez sua estreia no sia 11 de Setembro dividindo opiniões (como já estava claro que iria acontecer).

De um lado, havia os que esperavam algo mais fiel ao mangá. Do outro, havia os que esperavam algo mais como o anime,

E havia aqueles que, como eu, esperavam algo diferente, e, no mínimo, menos patético que o anime  clássico (ainda não tive a oportunidade de ler o mangá). Nesse ponto, o filme foi bem sucedido. O melhor de tudo, é que não teve aquele monte de lutas que se estendiam desnecessariamente, e a quantidade de quase-morte entre os Cavaleiros de Bronze diminuiu a um nível aceitável.

Sim, eu gostei (muito) do filme. A Atena (carinhosamente chamada por mim de Saori "Vaca" Kido) ficou menos insuportável, os Cavaleiros de Bronze fizeram mais jus à idade de 13 ou 14 anos, e os Cavaleiros de Ouro se mostraram merecedores de suas proteções douradas (exceto talvez o Afrodite, mas enfim).

Nenhum comentário

Postar um comentário

Então, o que achou da postagem?
Vamos, não se acanhe! Será muito prazeroso ouvi-lo! (Mas seja educado por favor. ^^)
Ah sim! Se você tiver um blog, deixe seu endereço para que eu possa retribuir a visita. ;)