31 de mar de 2015

Caçada - P. C. Cast


As coisas neste quinto volume de House of Night acontecem em um período de tempo muito curto, tipo, uma semana ou até menos. Mas para tentar fazer um resumo:

Na  noite em que Neferet libertou Kalona de sua prisão terrestre e espalhou os Reaven Mockers (filhos de Kalona, criaturas que são, de alguma maneira que eu ainda não consegui imaginar ainda, parte corvo e parte humano), Zoey e seu círculo foram para os túneis subterrâneos, onde Stevie Rae e os outros vampiros vermelhos habitam (isso ainda em Indomada).

Nos túneis (e agora eu entro realmente em Caçada), Zoey conta a Darius e aos vampiros vermelhos toda a história sobre Kalona (leia-se o que ele é, o que ele fazia com as mulheres, e como ele foi aprisionado dentro da terra). Aos poucos, a questão sobre o que aconteceu até ali se torna ruído de fundo diante do novo grande problema enfrentado: o que fazer para evitar que Kalona e Neferet completem seus planos e iniciam uma guerra contra os humanos.

As primeiras pistas são conseguidas graças a uma das vampiras vermelhas, abençoada por Nyx com o dom da escrita profética (nem sei se essa coisa existe, mas me parece a nomeação mais certa).

Temos também uma outra questão aqui, que mais envolve a Zoey e seus hã... amores. Colocando em pratos limpos, em Indomada ela terminou com Loren permanentemente fora da jogada, com o carimbo com Heath desfeito e com um Erick quase exalando raiva. Mas nesse, acreditem, temos o peguete numero quatro: pq além de o carimbo com o humano ter sido refeito, além do caso com o um Erick está bastante confuso, o garoto Stark, que havia morrido no livro anterior, ressurge como um novato vermelho que passa pela transformação ao fazer um juramento a Zoey de que seria seu Guerreiro, ou seja: ela voltou a ter que lidar com três garotos adolescentes na sua vida. Isso por que eu nem entrei na paixonite de Kalona por Zoey (que ela, graças a sua completa lealdade à Nyx, recusou por definitivo).

Aí junta essa confusão doida com um humor tipicamente adolescente e teremos umas das melhores curas para ressaca literária que já conheci.

Já perceberam que eu adoro a série né? (*risos*)

Nenhum comentário

Postar um comentário

Então, o que achou da postagem?
Vamos, não se acanhe! Será muito prazeroso ouvi-lo! (Mas seja educado por favor. ^^)
Ah sim! Se você tiver um blog, deixe seu endereço para que eu possa retribuir a visita. ;)