27 de mar de 2015

Ecos da Morte - Kimberly Derting


Violet Ambrose sempre teve uma mania estranha: achar corpos mortos e enterrá-los no que ela e o melhor amigo Jay conheciam como "o território sombrio".

Essa mania, só é possível graças à peculiar habilidade de Violet de sentir, vamos assim dizer, o rasto de morte que sai de um corpo morto. Os "ecos" são energias que se manifestam por cheiros, gostos, ou luzes, que a levam até esses corpos (e até o responsável pela morte).

A narração é em primeira pessoa seguindo as ações e pensamentos de Violet e, ocasionalmente, os pensamentos e ações da parte antagônica da história. è bem fácil diferenciar as duas partes primeiro por que elas são separadas dentro do capítulo e segundo por que as partes que não são dela são em itálico.

A trama é ótima, diferente e até cativante. A leitura flui com muita naturalidade e o vocabulário mais adolescente dá um bom contraste com o peso do suspense. A capa é um show tanto aos olhos quanto ao tato: a textura da parte azul é diferente da parte preta e as letras são em alto relevo. Simplesmente lindas! <3

Esse não é o tipo de livro que me acostumo a ler por causa de todo o ar de suspense que carrega o enredo. na verdade, eu o quis pela capa e o preço camarada feito por uma amiga compensou (*risos*) mas o livro foi bem agradável de se ler e fez tudo valer a pena.

Nenhum comentário

Postar um comentário

Então, o que achou da postagem?
Vamos, não se acanhe! Será muito prazeroso ouvi-lo! (Mas seja educado por favor. ^^)
Ah sim! Se você tiver um blog, deixe seu endereço para que eu possa retribuir a visita. ;)