8 de abr de 2015

Feita de Fumaça e Osso - Liani Taylor


Como eu sempre digo, livros alheiros são prioridade na minha lista de leitura. Muito, muito obrigada pelo empréstimo Aline. :)

A história de Karou é, de longe, uma das mais desafiadoras de ser resumida: são várias coisas que a tornam uma garota singular: o cabelo "naturalmente azul, as diversas tatuagens pelo corpo, o desconhecimento de suas origens,... mas é o trabalho dela o mais intrigante: ela recolhe dentes (de todas as espécies e de todos os tipos) para um mercador de desejos.

Para que (ou para quem) ela recolhe os dentes é um mistério, assim como o porque de ela ter sido acolhida pelo bizarro e peculiar mercador.

Esse mercador de desejos e as outras criaturas que vivem com ele são a única família que Karou conhece. Até ela ter seu caminho cruzado por um anjo que, mesmo tentando matá-la, lhe parece familiar.

A coisa toda desanda para Karou quando uma série de incêndios simultâneos queimam todas os portais que levam à loja do mercados. Seu maior medo se realizara: ela estava completamente sozinha.

O que me conquistou, de verdade, foram os inícios "Era uma vez". Eles me deixavam apreensiva e cheia de expectativa e deu um quê a mais para a história.

No início, achei as coisas um pouco confusas, principalmente por não conseguir visualizar direito como seria Brimstone, Issa e as outras quimeras e a ausência de resposta para algumas das perguntas da própria Karou não ajudava muita coisa. Mas aí o Akiva apareceu. E tudo começou mesmo a fazer sentido e ficou impossível ficar muito tempo longe da história.

Curioso que este é o segundo livro (ou terceiro, agora não consigo me lembrar) que leio este ano que mostram os anjos como uma raça belicosa, feita somente para obedecer e matar. É curioso como esse mito do anjo pacífico e feito de bondade que crescemos escutando é quebrado. Eu gosto disso. rsrsrs

E estou cheia de curiosidade para saber o que Karou fará com a revelação... Ou as revelações do final do livro.

Nenhum comentário

Postar um comentário

Então, o que achou da postagem?
Vamos, não se acanhe! Será muito prazeroso ouvi-lo! (Mas seja educado por favor. ^^)
Ah sim! Se você tiver um blog, deixe seu endereço para que eu possa retribuir a visita. ;)