13 de mai de 2015

Dias de Sangue e Estrelas - Liani Taylor


Quando você termina a leitura de um bom livro, a sensação é de estar no céu. Mas quando você consegue emendar com outro livro tão bom quanto o primeiro, aí é o paraíso. :3

Ao se apaixonar por Akiva, Madrigal se tornou uma traidora aos olhos de grande parte do seu povo. As guerras entre anjos e quimeras dizimaram dizimaram a população de Loramendi, e agora, até os mais pacíficos civis estão sendo massacrados pelos exércitos celestes.

Levada pela culpa, ela se alia ao Lobo Branco (o responsável por sua morte) e passa a ocupar o lugar do ressurreicionista Brimstone a fim de ajudar o pequeno grupo de soldados quimeras sobreviventes. Mas responder ódio com ódio, e destruição com destruição, não gera nada além de mais ódio e mais destruição.

Poucas coisas podem ser ditas sobre esse livro sem que spoilers sejam liberados, mas resumindo tudo em uma frase: É SIMPLESMENTE INCRÍVEL! (Teve direito até a saltinhos de felicidade e expressões de "WHAAAAAT?" em alguns momentos).E não é a toa que essa série está entre as favoritas do ano.

Além de Karou e Akiva, outros personagens são inseridos e/ou ganham maior destaque tanto do lado quimera quanto do lado serafim. Esses personagens são incrível e surpreendentemente bem explorados.

E sabem os "Era ama vez" que abriam os capítulos do primeiro livro e que eu disse que adorava? Pois bem, embora em menos número, eles continuaram a me fazer perder o fôlego e a me deixar como coração apertado e doida para continuar a leitura.

Nenhum comentário

Postar um comentário

Então, o que achou da postagem?
Vamos, não se acanhe! Será muito prazeroso ouvi-lo! (Mas seja educado por favor. ^^)
Ah sim! Se você tiver um blog, deixe seu endereço para que eu possa retribuir a visita. ;)