19 de jul de 2015

Ramsés: Sob a Acácia do Ocidente - Christian Jacq


O reinado de Ramsés foi grandioso em inúmeros sentidos: nunca antes o Egito presenciou tamanha força em seu monarca, nem tamanha generosidade, ou retidão, ou amor à missão a ele confiada, ou tantos canteiros de obras espalhados por seus territórios. Ramsés conseguiu, entre outros grandes feitos, transformar uma nação inimiga em um verdadeiro aliado.

Os inimigos enfrentados pelo Filho da Luz foram variados. Muitos se valeram da magia negra, outros, da força bruta, mas nenhum deles foi tão implacável quanto o tempo. Após oitenta e sete anos de vida, sendo mais de sessenta destes a frente do grande Egito, Ramsés se junta aos seus ancestrais divinos no Além Mundo.

E você sabe que a história se encaminha para tal fim, para a morte do grande monarca egípcio, não só pelo fato de este ser o ultimo livro de uma série que se propõem a romancear sua vida e obra, mas também porque ao longo de toda esta parte da narração, na verdade, desde os últimos capítulos do livro anterior, você consegue perceber que os pilares da "energia divina" de Ramsés estavam ruindo.

Esta já é a terceira (ou quarta) vez que leio esta série, e, sério, é impossível para mim descrever com exatidão o quanto eu gosto dessa série. O autor conseguiu reunir tudo o que eu gosto em uma saga de fantasia. Tipo, tudo mesmo: bom enredo, boa narração, personagens fortes e, o que mais gosto, uma carga de fantasia trabalhada de tal modo a parecer que tudo, de fato, se passou como o descrito.

Nenhum comentário

Postar um comentário

Então, o que achou da postagem?
Vamos, não se acanhe! Será muito prazeroso ouvi-lo! (Mas seja educado por favor. ^^)
Ah sim! Se você tiver um blog, deixe seu endereço para que eu possa retribuir a visita. ;)