7 de nov de 2015

Harry Potter e a Ordem da Fênix - J. K. Rowling


Lançado em 2003, o quinto título da série Harry Potter é um dos livros que eu mais amo e um dos filmes que eu menos gosto no mundo inteiro.

As férias de Hogwarts sempre foram torturantes, mas agora que Voldemort retornara, o dia a dia de Harry tem sido ainda mais insuportáveis. Ao contrário do que ele imaginava, não há absolutamente nenhuma informação sobre o retorno do Lord das Trevas, e o silêncio também contagiou seus amigos, que passaram as férias inteiras sem lhe mandarem absolutamente nenhuma noticia.

Mas então o impensável acontece: dementadores aparecem no bairro trouxa e por pouco não deram um simpático beijinho em Duda. De uma hora para outra, quatro corujas aparecem na casa dos Dursley, a mais intrigantes delas, no entanto, é para Petúnia, tia de Harry.

Quando finalmente um grupo de bruxos o busca na Rua dos Alfeneiros, Harry é levado para a sede da Ordem da Fênix, um grupo de bruxos que se organizaram, sob a liderança de Dumbledore para combater o Lord das Trevas.

Muitas coisas ficam muito estranhas neste livro, uma delas é o tratamento um tanto distante com que Dumbledore passa a tratar Harry, e outra ão os estranhos sonhos do menino com corredores escuros e os formigamentos (e dores) na cicatriz que Voldemort deixara em Harry.

Mas essas coisas são, obviamente, apenas uma parte ínfima da história.

É neste livro que a autora arremata vários nós e responde a várias perguntas que, até então ficaram sem resposta (e é este o ponto que me fez odiar tanto o filme: eles cortaram, justamente, a parte em que a história toda ganhava algum sentido. O quinto filme foi o ultimo que vi da série). 

Ainda estou me perguntando porquê enrolei tanto para reler este livro. A narração da J. K. é maravilhosa e, não importa se você leu o livro, você vai rir, odiar, sentir raiva, gargalhar, chorar, quase da mesma maneira que faria caso estivesse lendo pela primeira vez.

Nenhum comentário

Postar um comentário

Então, o que achou da postagem?
Vamos, não se acanhe! Será muito prazeroso ouvi-lo! (Mas seja educado por favor. ^^)
Ah sim! Se você tiver um blog, deixe seu endereço para que eu possa retribuir a visita. ;)