5 de fev de 2016

A Grande Fome - John Fante


Na resenha de Espere a primavera, Bandini ei disse que estava animada para o livros de contos de John Fante. Pois bem, não me decepcionei com a leitura. Nem um pouco alias. Organizados por Stephen Cooper após a morte do autor, este livro mostra diferentes momentos da carreira literária de Fante. 

Dos dezoito contos, ao menos três retomem Arturo Bandini, protagonista de Espere a primavera, Bandini. Um deles, eu reconheci meio que de imediato como um dos capítulos do livro, ou, ao menos, um esboço do que se tornaria um capítulo do livro. Outro conto protagonizado por Bandini nada mais é do que o prólogo completo do livro Pergunte ao Pó, livro publicado pela primeira vez em 1939.

De uma maneira geral, os contos de Fante misturam a história e a realidade do escritor com a ficção de suas histórias. Um nome trocado de uma personagem de sua vida ou o irmão de um personagem com um nome parecido com o do irmão do escritor, John Fante conseguiu fazer muito bem essa mistura de ficção e não-ficção. 

Outro contexto comum nos contos é o personagem imigrante, ou filho de imigrantes, perseguindo, ou vivendo o uma face bem frustrante do tal "sonho americano".

Gostei dos contos porquê caíram muito bem com o jeito meio monótono da narrativa de Fante, e também porquê pude ver o trabalho do autor com outros personagens (motivo que está fazendo os contos ganharem cada vez mais pontos comigo).

Para quem quiser conhecer um pouco da obra do autor, A Grande Fome é, acredito eu, um bom começo.

Nenhum comentário

Postar um comentário

Então, o que achou da postagem?
Vamos, não se acanhe! Será muito prazeroso ouvi-lo! (Mas seja educado por favor. ^^)
Ah sim! Se você tiver um blog, deixe seu endereço para que eu possa retribuir a visita. ;)