18 de fev de 2016

Escondida - P. C. Cast


Depois de dez livros (e de várias confusões diga-se de passagem), Zoey, sua horda de Nerds e os demais integrantes do grupo finalmente conseguem mostrar ao Conselho Supremo dos vampiros a natureza malévola de Neferet.

Banida pelas autoridades supremas do mundo dos vampiros e expulsa da Morada das Noite de Tulsa, ela se aproxima dos humanos. Longe das amarras das aparências, Neferet não possui mais nenhum motivo para esconder seu passatempo favorito e logo começa a espalhar o caos dentro e fora da escola dos vampiros.

Como se ela sozinha não fosse problema o bastante, ainda há Aurox, o receptáculo do maligno touro branco criado por Neferet, que matou um dos professores da Morada da Noite e quase levou Zoey junto. O problema é que, ao olhar através de sua padra de vidência, a garota viu uma pessoa que jamais pensou que veria novamente, principalmente naquele contexto bizarro. Mas Heath não pode estar mesmo ali, pode?

Eu acho legal que cada livro de House of Night parece possuir um objetivo claro dentro da grande batalha entre bem vs. mal que está sendo travada na saga como um todo. às vezes, esse objetivo pode ser descobrir uma nova habilidade, ou apenas resolver um impasse interno muito difícil. Desta vez, o objetivo, ou os objetivos a meu ver, não apenas envolveu desmascarar Neferet, mas também envolveu descobrir o que (ou quem) Aurox realmente é, assim como um caminho de redenção para Kalona.

E que fique registrado, achei super estranho as aparições de Erebus. Sempre imaginei que ele fosse um homem correto acima de tudo (não no sentido de não ser malvado, mas sim no sentido de não ser pé no saco entende?), mas acho que talvez eu possa estar errada.

Um comentário:

Então, o que achou da postagem?
Vamos, não se acanhe! Será muito prazeroso ouvi-lo! (Mas seja educado por favor. ^^)
Ah sim! Se você tiver um blog, deixe seu endereço para que eu possa retribuir a visita. ;)