25 de mar de 2016

Fury - Laurann Dohner


Laurann Dohner é uma velha conhecida minha. Acho que eu tinha uns 16 ou 17 anos quando peguei alguns livros digitais da série "Casta Felino", mas, na época, não consegui passar das primeiras páginas. Alguns anos depois, encontrei a série completa e ainda uma outra, a "Casta Lobo". Minha mãe adorou e acho devorou todos os 26 livros em menos de um mês.

Lembro de ter vencido o primeiro livro mesmo tendo que lê-lo computador (coisa que eu detesto), mas não consegui sobreviver ao terceiro. A péssima tradução não ajudou em nada e também as coisas estavam se repetindo demais.

Aí a Universo dos Livros publica uma nova série, a Novas Espécies, e, mesmo com algum receio, comprei livro... E o ADOREI!

A premissa utilizadas nas duas séries foi a mesma: uma realidade em que uma empresa militar misturou o DNA humano com DNA animal, criando uma raça de homens e mulheres que possuem características físicas e comportamentais dos animais com que foram misturados. Os membros das Casta Felino eram resultado da mistura de homens e mulheres com gatos de grande porte, tipo leão, pantera, tigre e puma. (O leão me traumatizou na primeira leitura e deixei a série de lado no primeiro lobo. Tipo, bizarro demais para minha mente inocente).

Na série Novas espécies, Fury, o protagonista masculino que dá o nome ao livro, é geneticamente misturado com um canino (que, definitivamente não é do tipo doméstico). Ele tem uma séria sede de vingança por Ellie, uma enfermeira da indústria farmacêutica que fazia os experimentos genéticos, por, em sua concepção, ela o traiu e o deixou indefeso para ser punido por algo cometido por ela.

Ele nunca mais a viu depois do tal episódio, até ela aparecer em sua frente como responsável pelo alojamento feminino da base militar que fora dada aos Novas Espécies pelo governo americano. Homeland, como a base é chamada, se tornou um local de segurança para os NE. Um lugar em que eles poderiam viver em paz, com total autonomia, e longe de qualquer um que desejasse fazer algum tipo de mal a eles.

Fury manteve sua raiva por Ellie por muito tempo, mas muito do pouquíssimo que ele sabe sobre ela, incluindo o episódio da traição, se mostra errado, e é então que um novo sentimento aflora em Fury, e em Ellie.

Estava em dúvida se buscava os outros títulos da série, mas definitivamente quero mais dos Novas Espécies (até porquê acho que vou gostar MUITO do Slayer :3)

Nenhum comentário

Postar um comentário

Então, o que achou da postagem?
Vamos, não se acanhe! Será muito prazeroso ouvi-lo! (Mas seja educado por favor. ^^)
Ah sim! Se você tiver um blog, deixe seu endereço para que eu possa retribuir a visita. ;)