16 de mai de 2016

De Amor e Maldade - Anne Rice


Tody O'Dare, o mesmo assassino que começou seu caminho de redenção em Tempo Dos Anjos, está de volta para mais uma missão.

Dessa vez, o Serafim Malchiah o leva para a Roma do século XV, para atender à oração de um médico judeu acusado de envenenar o filho de seu senhor a amigo, e ainda ter compactuado com um demônio que assombra a casa em que ele ocupa.

Em sua ultima missão, a narrada em Tempo Dos Anjos, Toby usou do jogo de palavras para provar a inocência de seus defendidos. Dessa vez, é a verdade nua e crua que levara à salvação e à redenção dos envolvidos.

O amor entre pai, filho e o amigo médico, se tornam chamariz para a maldade de um homem para com seu irmão, seu pai e o amigo destes. Assim também o amor de Toby a eles e a sua missão atrai o demônio Ankanoc, em sua primeira aparição corpórea.

O livro não é ruim, nas não é nada comparado aos livros que consagraram Anne Rice como escritora. Em relação aos outros, a narração e a história superficial deixaram a desejar.

Nenhum comentário

Postar um comentário

Então, o que achou da postagem?
Vamos, não se acanhe! Será muito prazeroso ouvi-lo! (Mas seja educado por favor. ^^)
Ah sim! Se você tiver um blog, deixe seu endereço para que eu possa retribuir a visita. ;)