3 de jun de 2016

Revelada - P. C. Cast


Décimo-primeiro livro da série, Revelada se mostrou ser um dos mais sinistros da série até agora.

O festival de adoção de gatos e feira de empregos promovidos pela Morada da Noite de Tulsa estava indo muito bem, obrigada. Isto é, pelo menos aparecer um amontoado de aranhas estranhas nas gaiolas dos gatinhos. Percebendo o perigo, o círculo de Zoey Redbird, a nova agraciada por Nyx com vários dons especiais, se reúne. Sua intuição é confirmada quando, durante o ritual de purificação, as formas do corpo de Neferet se formam a partir das aranhas amontoadas.

A vilã é expulsa, mas o preço é alto: duas vidas, a de uma novata e a de um humano, ambos intimamente ligados direta ou indiretamente ao círculo de Zoey são ceifadas. A investigação, conduzida pela polícia humana, coloca vampiros e novatos sob pressão. 

Mas, como sempre, essa é apenas uma das preocupações que permeiam os personagens de House Of Night neste penúltimo capítulo da série. Um namorado ciumento, um ex-namorado com sede de vingança, um imortal enchendo a paciência de outro, a volta de costumes antigos e atos com tendência ao desastre. Isso contando por alto.

Revelada nos mostra, finalmente, a história de Neferet e de sua perversão. Mortal abusada, novata explorada, vampira sedenta de poder, Tsi Sgili demoníaca. Neferet é isso. 

E o pior de tudo é que Zoey não está muito bem da cabeça.

Fiquei feliz com alguns dos acontecimentos deste livro e bem triste com outros. O livro acabou rápido demais para o meu gosto e estou ansiosíssima pelo próximo da série.

Nenhum comentário

Postar um comentário

Então, o que achou da postagem?
Vamos, não se acanhe! Será muito prazeroso ouvi-lo! (Mas seja educado por favor. ^^)
Ah sim! Se você tiver um blog, deixe seu endereço para que eu possa retribuir a visita. ;)