6 de nov de 2016

Como Eu Era Antes de Você - Jojo Moyes


Como em todo final de ano, o Clube do Livro que frequento fará uma festa a fantasia com um Amigo Livro entre os participantes. Na hora da troca dos presentes, ao invés de adivinharmos a pessoa, temos que dar dicas sobre o personagem que a pessoa se fantasiou. Confesso que o único motivo de comprar este livro e de passá-lo à frente de todos os outros foi que minha primeira ideia foi ir com a roupa final que Louisa Clark usa no final do filme. Como a ideia murchou (pelo preço que toda a produção custaria), ao menos ficou a leitura.

Em uma pequena cidade turística da Inglaterra vive Louisa: uma jovem de vinte e seis anos que trabalha em uma cafeteria da cidade e não tem muitas ambições na vida, a qual consiste, basicamente, de ir de casa para o trabalho e do trabalho para casa e, ocasionalmente, sair com o namorado aficionado por treinos e dietas.

Ao descobrir que o café onde trabalha há sete anos iria fechar, Louisa não poderia sentir-se mais perdida (ou talvez a palavra certa seja inútil): até então, ela e o pai eram os únicos provedores financeiros da casa em que ela, os pais, o avô, a irmã e o sobrinho viviam, e todos já sabiam que o emprego do pai estava ameaçado. Para piorar ainda mais, o tempo todo você tem a nítida impressão de que todos a chamam ou a tratam como inútil. (Eu detestei isso. Detestei ainda ler a maneira como a família dela a tenho para mim que isso contribuiu, e muito, com o péssimo término de semana que tive.)

Sem conseguir se adaptar às oportunidades de emprego que apareciam, Lou foi encaminhada a uma casa próxima ao castelo da cidade. A vaga de cuidadora oferecida pela família Traynor tinha um contrato de duração de seis meses e oferecia um salário irresistível demais para ser recusada. O paciente é Will Traynor, um rapaz de trinta e cinco anos que ficou tetraplégico  após ser atropelado por uma moto dois anos antes.

Difícil falar sobre esse livro. Assisti ao filme com uma amiga um pouco depois da estreia dele nos cinemas, e por ter chorado até bastante na segunda metade do filme, já esperava o choque de emoções. O que eu não esperava era ver como realmente era a vida de Loisa antes de Will. Sabia que o livro mexeria com o meu emocional, mas realmente não seria tanto.

Nenhum comentário

Postar um comentário

Então, o que achou da postagem?
Vamos, não se acanhe! Será muito prazeroso ouvi-lo! (Mas seja educado por favor. ^^)
Ah sim! Se você tiver um blog, deixe seu endereço para que eu possa retribuir a visita. ;)