25 de mar de 2017

A Garota do Calendário (Junho) - Audrey Carlan


Junho. O sexto mês de Mia Saunders como acompanhante de luxo.

O cliente número seis é Warreen Shipley, um milionário de terceira idade que quer usar a beleza e a simpatia de Mia para amolecer políticos e homens de negócios para levar seus projetos filantrópicos adiante. Para Warren, tê-la como acompanhante é mostrar a esses homens que eles fazem parte do mesmo círculo e, por que, não tentar conquistar o apoio feminino para sua causa?

Mia é categórica: não vai rolar nenhum tipo de intimidade com Warren. Agora, quanto ao filho dele, Aaron Shipley, de trinta e cinco anos, senador mais jovem da Califórnia e um belo pedaço de mal caminho embalado em ternos sob medida...

O livro de Junho é um pouco mais grosso que os outros, 160 páginas, o que não diminuiu em nada sua facilidade de leitura, nem sua capacidade de prender o leitor. Ao contrário dos outros, no entanto, Junho mostra que nem todos os clientes (ou os que vivem ao redor deles) são um mar de carinho e camaradagem.

Mas Junho também mostra que, por mais que algumas coisas doam, por mais difíceis que algumas coisas sejam, Mia conquistou várias pessoas que realmente se importam com ela. Pessoas que atravessariam o país para cuidar dela, exatamente como uma família amorosa faria.

Para Mia, foram quatro os ensinamentos desta parte da jornada: Wes ainda era um assunto delicado, belas capas podem embalar conteúdos podres, os amigos são a família que você escolhe, e ela com certeza tinha os melhores amigos que alguém poderia ter.

Nenhum comentário

Postar um comentário

Então, o que achou da postagem?
Vamos, não se acanhe! Será muito prazeroso ouvi-lo! (Mas seja educado por favor. ^^)
Ah sim! Se você tiver um blog, deixe seu endereço para que eu possa retribuir a visita. ;)