13 de jul de 2017

A Fera em Mim - Serena Valentino


Quando a Universo dos livros anunciou que traria histórias dos sucessos da Diney fiquei bem animada (até porque a empreitada incluiria meu amadíssimo A Bela e a Fera), mas depois de Frozen - Um Coração Congelado, minha empolgação diminuiu bastante (o livro não acrescentou pouco ou praticamente nada à história).

A bem da verdade, estava com receio de sofrer a mesma coisa e acabar tendo nada além do mais do mesmo de uma história que amo tanto, mas senti que já estava na hora de ler este livro.

E fiquei muito, mas muito contente mesmo de ver os detalhes que Serena Valentino acrescentou à história, e mais ainda em ver que ela fez isso sem interferir em praticamente nada da história como a conhecemos.

Tomando por base o filme da Disney de 1991 (amor eterno e incondicional a essa versão <3) A Fera em Mim começa na primeira noite de Bela como Prisioneira da Fera.

No jardim, tentando entender o motivo de Bela ter se oferecido como prisioneira no lugar de seu pai, a Fera acaba se perdendo é confrontado por três fadas que atormentam sua vida desde que a feiticeira jogou a maldição sobre ele e sobre o castelo. Logo em seguida, já irado pelos desaforos, ele ainda precisa ouvir sua "convidada" chamando-o de monstro (embora até ele admitisse que havia alguma verdade nisso).

Recluso em seu aposento na Ala Oeste, a Fera se deixa levar pelas lembranças do passado, da época em que era um príncipe humano, belo e feliz com a vida que tinha.

A Fera em Mim merece ser lido merece ser lido não apenas por ser A Bela e a Fera, mas por nos permitir olhar tudo pelos olhos do príncipe (e também por ter algumas referencias muito maneiras sobre os outros contos de fadas). Com o filme (com os filmes aliás), é bem fácil perceber o sofrimento pelo qual ele teve que passar até encontrar o amor de Bela, mas, de alguma maneira, esse livro conseguiu construir a personalidade de Adam de maneira bem mais precisa.

2 comentários:

  1. Oi Lu! Tudo bem?
    Eu já tinha ouvido falar das versões literárias dos clássicos da Disney, pela Universo dos Livros, mas nunca imaginei que elas teriam potencial para serem tão boas quanto as animações clássicas.

    Eu adorei sua resenha! Espero poder ler o livro em breve! :)

    Beijo do Thi

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não seja por isso! Te emprestarei em breve! <3

      Excluir

Então, o que achou da postagem?
Vamos, não se acanhe! Será muito prazeroso ouvi-lo! (Mas seja educado por favor. ^^)
Ah sim! Se você tiver um blog, deixe seu endereço para que eu possa retribuir a visita. ;)